A rede

A Rede Transnacional Atlântica é uma plataforma de cooperação da sociedade civil do Espaço Atlântico. Ela foi constituída oficialmente no dia 19 de Setembro de 2003, pela ocasião da primeira sessão do seu órgão plenário e do comité de orientações.

Esta Rede transnacional é composta por Conselhos Económicos e Sociais (CES) das regiões do Espaço Atlântico europeu e, nos casos em que tais instituições não existem, por entidades ou organismos equivalentes.

A Rede Transnacional Atlântica estabeleceu uma relação de cooperação permanente com a Comissão do Arco Atlântico (CAA) e a Conferência das Regiões Periféricas Marítimas da Europa.

A Rede tem como principal objectivo o desenvolvimento das cooperações entre os representantes socioprofissionais da sociedade civil com a finalidade de influenciar as políticas europeias em favor da fachada atlântica.

A cooperação articula-se através :

•  dos contactos regulares entre membros da rede,

•  de intercâmbios de experiências sobre diferentes assuntos de interesse comum,

•  a realização de estudos e contribuições temáticas ,

•  da emissão de pontos de vista comums sobre todas as questões que dizem respeito às regiões europeias do Arco Atlântico e das cooperações mútuas, e a elaboração de propostas para um melhor desenvolvimento da integração europeia deste espaço.

 

A Rede define recomendações e proposições sobre projectos e as políticas de cooperação inter-regionais com destino às instituições comunitárias para promoção das políticas que favoreçam as regiões periféricas ou as problemáticas comums para melhorar a integração das regiões atlânticas e reforçar a sua competitividade e a coesão social e territorial.